Paradoxo
Jaques Jesus 14/07/2007 02:35
No mínimo contraditório para quem se julga coerente vaiar o presidente e aplaudir o prefeito da cidade. Lamentáveis ambos os comportamentos. O termo “massa de manobra” continua bem aplicado para certas aglomerações orientadas pela Grande Mídia.
Vaias para todos
Fernando Branquinho 15/07/2007 13:21 [email protected]
Se eu tivesse feito clientelismo político na escolha de voluntários, na distribuição de ingressos gratuitos e ensaiado vaias na antevéspera, garantia vaia até para o Cristo Redentor. Todos foram vaiados, mais ou menos, e essa festa toda tem que ser auditada, pois os gastos superaram em 4 vezes o orçamento. E os pan-acas contribuintes vão pagar por tudo isso…