“O BURACO É MAIS EMBAIXO”
‘Obama ganhou com uma espetacular campanha de marketing. Governar com a crise será bem mais difícil’.
– Segundo Noam Chomsky, Obama é um “democrata de centro”, como Clinton. Pode comparar-se a sua eleição à venda de uma grande marca. A mídia o apoio e elogiou afim de interesses particulares. Ainda citando Chomsky, “o processo de venda da MARCA OBAMA é uma construção política não democrática, na qual o público é dado como um conjunto de ‘observadores intrusos e ignorantes’, de ‘expectadores da ação’ e não de ‘participantes’. É muito importante refletir sobre isso.
– Esperar o que dele? Dar-se a entender que o novo presidente americano quer enfrentar a crise com uma mobilização, igual a que o elegeu. Uma ação do ponto de vista de especialista, pouco eficiente, pois, não há por parte dele – um aprofundamento na raiz dos problemas americanos.
– Obama tem algo de novo a propor?
– Para pensar também: “Uma enorme redistribuição de renda a favor dos mais ricos, nás últimas décadas, reforçou a tendência à estagnação da economia americana”.