Uma vez que a Instituição de ensino superior passa por aprovação do MEC. Que seus professores têm de passar uma avaliação. Etc.

E as outras profissões, não há uma exigência de “carteirinha”.  Algo não está correto. Ou o MEC ou o ensino do Direito?

Não faz sentido, além de estudar, do conhecimento específico, ainda ter que ser legitimado por uma “carteirinha” para exercer a profissão.

É a educação no Brasil.