O Brasil têm mais de 7 milhões de famílias que não tem um lugar para morar. É preciso procurar entender porque as pessoas ocupam áreas de risco. Se as mesmas não têm condições econômicas para construírem ou comprar um imóvel em um lugar melhor.