De novo, apenas Galvão Bueno chamando Michel Bastos de “Michel Alves”. Talvez por que sua vontade interna é que realmente existisse a troca entre ambos.

Um primeiro tempo sem expressão. Uma péssima atuação dos jogadores brasileiros. Falta qualidade técnica, falta articulação, falta integração entre as posições.