Fonte: www.viajeaqui.abril.com.br

  • Atraso nos voos: é um descaso com o usuário. Prática comum no Brasil, o órgão regulador, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), não pune a Gol. A Infraero não libera espaço para outras empresas, não tendo concorrência, pode-se tudo. É o que acontece no transporte coletivo. O Ministério da Defesa e seu ministro Nelson Jobim está preocupado com a compra de caças supersônicos e submarinos. Precisa proteger os urubus e os lambaris, do ar contaminado e dos rios podres em detritos.
  • A Gol: fala que é normal, mais de 200 atrasos e quase 60 vôos cancelados. Será que anormal é só o assassinato de Mércia Nakashima e sumiço de Eliza Samudio?
  • É greve: uma parte dos tripulantes da Gol planejam um greve. É um direito das classes trabalhistas, mas é um direito também da sociedade ser informada. Os passageiros não podem ser os principais prejudicados com a greve. Aliás, já pagaram a passagem, o dinheiro entrou na conta do patrão, parte foi para o salário deles.
  • A justiça: só registra as queixas, é morosa por demais… não incentiva a busca por recursos. É intencional?
  • Lula: vai dar asilo humanitário para iraniana, porém ela não vai conseguir chegar se voar de Gol ou Tam.
  • Mais tempo com o bebê: a licença-maternidade de 6 mêses foi aprovada no Senado.
  • São Paulo: inquietação pública ou ações coordenadas do PCC (Primeiro Comando da Capital) facção criminosa que domina o tráfico de drogas e armas no estado.