“A mídia é um veículo independente, comprometido com a verdade e imparcial, certo? Errado”!

Cada vez mais os meios de comunicação brasileiros, em especial os de massa, servem aos interesses daqueles que os controlam ou financiam.

Como a mídia mineira vem cobrindo as eleições para governador do Estado?

Como foi a cobertura durantes os 8 anos de governo Aécio Neves no Palácio da Liberdade? Qual o tratamento dado ao movimento grevista dos professores mineiros em maio e junho deste ano? O que sabemos e o que mais poderíamos saber do governo Aécio/Anastasia?

A população do Vale do Jequitinhonha ainda não conhece o tão falado “modelo de gestão”.  Falta hospitais, postos de saúde, segurança pública e a educação segue o mesmo curso do rio Jequitinhonha – e pior assoreado como o mesmo.

Onde estão os veículos mineiros que não publicam isso?

A proposta deste post é desafiar  e jogar luz nesse acontecimento obscuro dos mineiros para com sua mídia. É necessário adotar uma outra postura em relação à “gestão Aécio/Anastasia” – até que ponto “o mineirinho calado e quieto” não leva as sujeiras administrativas de nossos governos para debaixo do tapete?

O que realmente é verdadeiramente absoluto? Cumpre a mídia mineira o seu papel? Dar informação que o mineiros precisam e desejam?