Archive for agosto, 2016

Sudão do Sul – a guerra ainda não acabou

0

No Território do Sudão do Sul, África É que foi verificada uma das mais sangrentas e amargas Guerras da humanidade. A partir de 2011, o Sudão do Sul ganhou a independência do Sudão após um acordo de paz de 2005 que encerrou a guerra civil mais longa da África.

Depois de um referendo, em que a esmagadora maioria dos sul-sudaneses votaram a favor da secessão, o mais novo país da África veio a ser, a primeira desde a Eritréia que se separou da Etiópia em 1993.

Mas duas províncias sudanesas, Kordofan do Sul e Nilo Azul, das quais as pessoas predominantemente queriam se tornar os cidadãos da nova nação, foram excluídos do negócio.

O SPLM-N, a filial norte do Movimento do Sudão Popular de Libertação (SPLM) no Sul do Sudão, consequentemente, pegaram em armas novamente contra o governo sudanês do presidente Omar al-Bashir, e combate continuou dentro e fora desde então. Mas o Mundo finge não saber disto.

Cinco anos atrás, quando a guerra começou, Pessoas e Poder enviou repórter Callum Macrae para investigar alegações de crimes de guerra cometidos pelo regime de Bashir na região. No mês passado, ele voltou.

Fonte: Al Jazeera

Pokémon Go – o que de fato causa?

0
025Pikachu_OS_anime_10
Pokémon Go – o que de fato causa?
 
1 – quando você instala o jogo em seu smart phone é dado todo o acesso às suas informações que estão nele.
2 – por meio do jogo a Google (Niantic) e Agências de Estado mapeiam os espaços inexplorados – usando seu aparelho.
3 – alguns críticos chamam o jogo de futilidade e desperdício de tempo caçando bichinhos virtuais.
4 – o jogo, Pokémon Go não deixa de ser um nicho tecnológico da “realidade aumentada” – mistura de mundo virtual à adequação exagerada da realidade.
5 – há riscos á privacidade trazidos pelo jogo.
6 – inclusive de informações pessoais.
7 – O que da sua “vida privada” o Pokémon Go tem acesso?
* contas de redes sociais, localização, dados armazenados, cartões e conexões USB, acesso a outros dispositivos usando o Bluetooth sem você ao menos perceber, identificações de redes de acesso, tipo Wi-Fi e acesso a elas e controle da vibração.
8 – Ele também adiciona funcionalidade dentro do Grupo de Permissões.
9 – para jogar o usuário deve permitir que o jogo instale no aparelho os “cookies”.
10 – O que é COOKIES? São programas “espiões” de coleta de informações baseadas em perfil de usuário. Com infinitos objetivos: econômicos, comerciais, de publicidade, de investigação, etc.
11 – NÃO É TERRORISMO, MAS É O ITEM MAIS PREOCUPANTE: o Pokémon Go diz assim no contrato de “ACEITE DE TERMOS”, na seção 3.e enuncia: “Nós cooperamos com o governo, com órgãos de fiscalização ou com terceiros para aplicar e respeitar a legislação. Nós podemos repassar qualquer informação sobre você que está em nossa posse ou controle ao governo, a órgãos de fiscalização ou a terceiros caso entendamos como apropriado para: (a) responder a solicitações, processos; (b) proteger nossa propriedade, direitos e segurança e direitos de um terceiro ou do público em geral; (c) identificar e interromper atividades que nós consideremos ilegal, antiética ou legalmente questionável”. Traduzindo: colabora com os Governos.
12 – Há denúncias de que a Niantic (startup da Google) é parceira da CIA – Agência de Inteligência dos Estados Unidos.
 
Aguarde mais informações sobre o Pokémon Go.

Sexo casual: já aconteceu com você?

0

Para os homens, a ideia de ‘sexo casual’ é muito comum e até desejável – afinal, que cara não gosta de investir numa noite picante só pra sair da vontade, sem qualquer envolvimento emocional? Porém, para nós, mulheres, a coisa não funciona bem assim. Somos conhecidas por sermos bem mais emotivas e ligadas aos sentimentos do que eles, então é comum acharmos que essa coisa de sexo casual não funciona para a gente.

Por isso, quando surgem perguntas como essa no nosso Clube Superela, a questão é tão válida que coloca todo mundo para pensar sobre o assunto: numa relação que só existe sexo casual, existe a possibilidade do homem passar a gostar da mulher?

Sexo casual: é possível o homem se apaixonar pela mulher?

Tipo, sabe aquela coisa de você sentir atração pelo cara, mas querer mais do que só sexo? É possível ele pensar o mesmo? Será que isso rola ou é só coisa de filme?

Parece que quando o relacionamento vem seguido de um ‘casual’ no título, não existe outra possibilidade a não ser manter a coisa assim, sem qualquer envolvimento mais profundo. Mas todo mundo sabe que na prática as coisas não acontecem assim e o amor é um sentimento bem misterioso, a ponto de a gente não saber quando ele surge, quando vai embora, quando muda ou quando decide se apegar a alguém que a gente nunca imaginou.

Sexo casual: é possível o homem se apaixonar pela mulher?

Muitos homens se manifestaram na nossa comunidade explicando exatamente isso: que o sexo casual é um meio de envolvimento como qualquer outro e, como tal, ele pode levar ao amor. Ou seja, a possibilidade de isso acontecer existe, sim!

A questão não é exatamente essa, é a gente entrar num relacionamento puramente casual esperando que o sentimento se transforme em algo a mais. Criar expectativas não é bom em situação nenhuma, principalmente quando envolve outra pessoa, porque a chance de nos machucarmos é muito maior. Isso significa que entrar numa de sexo casual esperando que vocês se casem no ano que vem é uma receita para a coisa toda dar errada.

Sexo casual: é possível o homem se apaixonar pela mulher?

Para muitas mulheres, ter um P.A. pode parecer interessante – e até algo desejável também, ninguém merece ficar na seca, né? –, mas como foi dito lá no Clube é preciso que exista uma mesma sintonia. Não é impossível a mulher também viver um relacionamento totalmente casual, sem sentimentos profundos, mas é questão de você saber se é isso mesmo que você busca e se você consegue se sentir confortável em transar com alguém sem pedir por algo a mais.

Parece ser muito mais comum a mulher começar a gostar do homem do que o contrário nessas situações, e isso pode ser atribuído ao fato de que eles têm uma capacidade maior de separar o que é o amor do que é sexo. Por isso mesmo, para nós parece bem mais difícil manter aquela pessoa ali como um back up para o caso da seca apertar.

Sexo casual: é possível o homem se apaixonar pela mulher?

No fim das contas, vale de tudo quando se fala em relacionamento. É impossível saber o que vai acontecer quando o sexo começa a rolar, se o rolo vai evoluir para algo a mais ou não. Porém, o que fica de lição aqui é que é mais importante segurar as expectativas e saber controlar o coração. O melhor a fazer é investir em uma conversa sincera, para ter certeza que os dois estão na mesma página e saber se, de fato, existe a possibilidade de rolar um namoro no futuro. Como diz o ditado: é melhor prevenir do que remediar.

Fonte: Super Ela

Go to Top